Como checar a reputação de uma empresa? 2


 

Quando você busca um serviço a fim de garantir a sua segurança, seja empresarial, de vida, de viagem ou outro, você procura uma empresa em que possa confiar, com a qual sabe que vai poder contar para facilitar a sua vida no momento de acionar providências sempre que ocorrerem imprevistos.

Por isso, existem fatores muito importantes na hora de escolher seguros. O primeiro deles é conhecer os tipos de seguros existentes e identificar aqueles dos quais você necessita. E o segundo é conhecer a empresa que você está prestes a contratar, certificando-se de que seus serviços serão realmente entregues de acordo com as suas necessidades e expectativas.

Nós preparamos um conteúdo especial para ajudá-lo nessa empreitada, auxiliando a reconhecer a reputação da empresa, identificando se ela é segura e confiável para contratar seus seguros. Vamos lá?

1. Conheça o site da empresa

Conhecer o site é um dos primeiros passos para identificar a reputação da empresa. E isso não significa que um visual interessante garanta confiabilidade — embora indique o cuidado que a seguradora possui com o seu canal de negócios.

Observe a página inicial da seguradora cujos serviços te interessaram. Note se, em algum espaço, seja do blog ou da homepage, há um campo para contato que fique à disposição dos usuários do site. Procure por espaços com enquetes sobre a satisfação do consumidor, comentários em postagens ou caixas de diálogos que permitam  que você se comunique com a empresa.

Isso é importante porque empresas com baixa reputação podem tentar ocultar os problemas ocorridos com os clientes, ou então nem dar espaço para que eles se manifestem publicamente.

2. Procure por reclamações

Se você costuma entrar no site de uma empresa e ler todas as informações de forma analítica, parabéns! No entanto, lembre-se de que a reputação de uma empresa vai além das informações que ela mesma fornece.

Por isso, procure saber de todas as reclamações que foram registradas formalmente sobre a seguradora. Existem sites de busca bastante populares e confiáveis que viabilizam essa pesquisa.

Um deles é o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça. O site reúne as principais reclamações registradas no Procon e as disponibiliza por meio de um sistema que integra processos e procedimentos inerentes ao atendimento aos consumidores. As reclamações são registradas à medida que necessitam da realização de audiência para que sejam resolvidas e ficam à disposição de consulta pública.

Outro site bastante conhecido é o Reclame Aqui. Ele é constituído de reclamações feitas diretamente pelos usuários — referindo-se desde o atendimento, a entrega do produto ou a prestação de serviços até o pós-vendas. O interessante é que a empresa fica sabendo da reclamação via e-mail, e pode responder publicamente às dúvidas do usuário diretamente pelo site. Assim, além das reclamações, o internauta que acessar a página da empresa consegue ter um panorama do número de resoluções de pendências, seguido da avaliação dos reclamantes.

3. Pesquise a respeito do registro da empresa

As seguradoras devem ter registro na Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). A SUSEP é uma autarquia que responde pela fiscalização dos mercados de seguro, portanto, é o órgão mais seguro para ser consultado quanto à idoneidade das corretoras.

Isso pode ser feito buscando pelo registro SUSEP dos corretores por meio do site de consulta. Você necessitará portar o nome do corretor e seu CPF, ou o número de CNPJ e registro da SUSEP da empresa.

4. Compare preços e serviços

Antes de contratar o seguro, conheça toda a sua cobertura, os preços envolvidos, as condições de pagamento e o tipo de assistência que você receberá. E, principalmente, não hesite em comparar essas condições com as de outras seguradoras.

Embora os preços dos seguros possam variar muito de uma seguradora para outra, compare tudo o que está sendo oferecido e desconfie sempre que a diferença de preço for exorbitante.

É importante que a seguradora seja flexível para dispor de um plano que realmente se ajuste às suas necessidades. Por isso, esteja atento aos serviços que estão sendo oferecidos e ao tipo de cobertura que você está contratando.

5. Confie na transparência

Seguradoras que omitem informações durante a negociação e têm um atendimento confuso tendem a decepcioná-lo na resolução de problemas. Por isso, valorize o bom atendimento e a clareza e objetividade das informações.

Navegabilidade do site, riqueza de informações expostas e facilidade de contato com os corretores são características de empresas que não têm o que esconder de você. É de extrema importância que haja simplicidade ao procurar e encontrar informações sobre a empresa.

Se uma seguradora não consegue ser ágil e clara com você durante o processo de contratação do serviço, dificilmente ela se portará assim ao resolver seus problemas.

6. Mantenha o foco no contrato

É impossível ter certeza do quanto uma empresa é segura e confiável sem tomar conhecimento a fundo do que ela está apresentando para você no momento da contratação. Então, atenção: o conteúdo do contrato deve ser o mesmo acordado durante as negociações.

No contrato constarão todas as condições acertadas, com todos os benefícios e obrigações do segurado inclusos. Por isso, leia-o atentamente quantas vezes forem necessárias e não deixe de ajustar qualquer inconformidade percebida nos termos.

Depois de assinar o contrato, independentemente de estarem corretas ou não, são as informações que estão ali que ficam validadas.

7. Busque quem entende do assunto

O ideal é que você busque contratar uma seguradora especializada, que domine o ramo no qual atua e conte com profissionais qualificados para auxiliá-lo. Nesse sentido, a sua prioridade pode estar voltada ao tempo de experiência no mercado, à formação profissional dos corretores e ao histórico de positivo de atendimentos, entre outros aspectos — o importante é que a seguradora seja referência em alguma modalidade de seguro.

No entanto, mesmo com todos os cuidados, é possível que algumas informações simplesmente passem despercebidas. Por isso, é sempre bom se manter atento a todos os sinais que podem indicar uma boa postura profissional dos corretores e da empresa em si.

Como você faz para se certificar de que uma empresa é segura e possui uma boa reputação? Conte-nos nos comentários!


Sobre Hygons Hypolito

"O maior beneficio dos seguros é dar tranquilidade para que as pessoas possam sonhar, ousar e realizar com a certeza de que os riscos de viver e trabalhar estão protegidos." Sou empreendedor, corretor de seguros, empresário, curioso, eterno aprendiz, viciado em tecnologia.


Sua opinião é o meu combustível!

2 pensamentos em “Como checar a reputação de uma empresa?