8 dicas profissionais para renovar o seguro do carro


 

Quando alguém vai comprar um carro novo, é comum ouvir a recomendação: “não tire o carro da concessionária antes de fazer o seguro”. Da mesma forma, vale dizer a quem já tem um carro segurado:“não tire o carro da garagem depois que o seguro vencer”.

Pode parecer um exagero, mas essas recomendações estão de acordo com o mínimo de prudência que as pessoas devem ter. Afinal, os acidentes de trânsito são imprevisíveis.

Além disso, grande parte deles acontece muito perto da casa do acidentado, quando ele está fazendo tarefas corriqueiras. Assim, uma simples ida à padaria pode resultar em uma dor de cabeça tremenda para quem não toma o cuidado de estar protegido.

Para evitar que contratempos assim aconteçam, basta que você siga as dicas profissionais sobre como renovar o seguro do carro. Confira!

1. Não deixe para renovar o seguro do carro na última hora

A urgência não é a melhor amiga dos bons negócios. Quem deixa para renovar perto do vencimento precisa fazer tudo na correria, o que impede a pessoa de analisar as tantas variáveis existentes, tanto de preços quanto de coberturas.

Evite essa situação, programando-se para fazer uma pesquisa de mercado algumas semanas antes do vencimento do seguro.

Mesmo que você tenha um ótimo corretor para lhe orientar, vale a pena fazer uma análise das opções disponíveis no mercado. Afinal, com a internet, essa pesquisa se tornou muito fácil e rápida.

2. Negocie valores e coberturas

É comum renovar o seguro mantendo as mesmas coberturas anteriores e aceitando o preço informado pelo corretor. No entanto, agindo assim, ela deixa de lado a oportunidade de melhorar o contrato.

Portanto, vale a pena lembrar que, na renovação, é possível negociar os valores e as coberturas. Como você já se preparou com antecedência para apresentar bons argumentos para o seu corretor, procure o que é melhor para o seu bolso, para o seu carro e para o seu estilo de vida.

3. Não se prenda a uma seguradora

Ninguém precisa permanecer eternamente com a mesma seguradora, a menos que ela apresente boas razões para isso.

Sendo assim, se uma concorrente lhe oferecer vantagens ao renovar o seguro do carro, converse com o seu corretor a respeito. A mudança pode ser vantajosa.

4. Informe-se sobre a seguradora

Mesmo que você encontre preços mais baixos e coberturas mais atraentes, vale a pena pesquisar sobre a reputação da empresa no mercado — e essa dica serve tanto para mudar de seguradora quanto para renovar o contrato com a mesma.

Essa pesquisa pode ser feita pela internet, analisando o volume de reclamações e de atendimento às demandas que as empresas apresentam. Um corretor de confiança usará de sinceridade para lhe informar a respeito. Conversar com os amigos também ajuda.

Como critérios de avaliação da seguradora, não considere somente o preço da apólice ofertada e as coberturas prometidas em contrato. Também é preciso avaliar a clareza das informações que ela presta, a facilidade de obter essas informações e, com especial atenção, a qualidade e a velocidade do atendimento em caso de sinistro.

5. Preste atenção no bônus

Para a seguradora, o bom segurado é aquele que não se envolve em acidentes e, assim, não aciona o seguro. Para esses, as empresas vão acumulando bonificações ao longo do tempo, que se traduzem em descontos no preço final do seguro a cada renovação.

Como seguradoras e corretores podem se esquecer disso, não deixe de perguntar pelo bônus na hora de fazer um novo contrato.

Também vale ressaltar que esse benefício deve acompanhar o segurado, mesmo que ele mude de seguradora.

6. Comunique as mudanças no seu perfil

O prêmio do seguro — ou seja, o valor a ser pago pela apólice — é fixado pela seguradora com base no perfil do segurado. Assim, aqueles que apresentam riscos maiores têm seguros mais caros.

O segurado que utiliza o carro o dia todo e faz grandes deslocamentos tem uma apólice mais cara do que aquele que utiliza o carro eventualmente e que percorre pequenas distâncias.

Da mesma forma, quem mantém o carro guardado com segurança em uma garagem tem o seguro mais barato do que quem deixa o carro na rua o tempo todo.

São vários os critérios de avaliação de risco que tomam como referência o perfil do segurado. Portanto, é importante informar se houve alguma mudança nesse perfil, uma vez que ela pode representar a necessidade de alterar a apólice.

A mudança de perfil pode acarretar economia na renovação do seguro, se ela significar diminuição do risco.

Entretanto, também é importante alertar a seguradora mesmo que o caso seja o oposto. Se houver um aumento do risco e a mudança não for comunicada, a empresa pode negar o pagamento da indenização em caso de sinistro, alegando omissão de informações.

7. Leia o contrato

O contrato é o documento que oficializa o que foi acertado na negociação entre a seguradora e o segurado. Nele, devem estar especificadas todas as informações: do segurado, da seguradora e da corretora, além de preços, formas de pagamento e cobertura.

As informações devem ser claras e de fácil leitura. Se desejar, o segurado pode entrar em contato com a seguradora e com a Superintendência de Seguros Privados (Susep) para obter mais informações. É preciso ler tudo com bastante atenção também na renovação.

8. Confira o credenciamento do seu corretor

Várias leis e normas regulamentam o setor de seguros no Brasil. Cabe à Susep fiscalizar a regularidade de funcionamento das seguradoras e das corretoras de seguros no país.

Em outras palavras, isso significa que uma empresa ou um corretor não credenciado pela Susep para comercializar seguros está atuando contra a lei.

Por motivos óbvios, não é possível depositar confiança em quem não age em conformidade com a lei. Sendo assim, é necessário se informar o profissional está devidamente autorizado a atuar nesse mercado.

Como o credenciamento pode ser cassado ou não ser revalidado pela Susep, é interessante refazer essa pesquisa a cada renovação.

Agora você já sabe como proceder na hora de renovar o seguro do carro! Gostou das dicas? Assine a nossa newsletter para sempre receber novas informações e artigos!


Sobre Hygons Hypolito

"O maior beneficio dos seguros é dar tranquilidade para que as pessoas possam sonhar, ousar e realizar com a certeza de que os riscos de viver e trabalhar estão protegidos." Sou empreendedor, corretor de seguros, empresário, curioso, eterno aprendiz, viciado em tecnologia.

Sua opinião é o meu combustível!